Volta às Aulas: ano letivo começa segunda-feira

Aproximadamente 600 mil alunos voltam as aulas na rede estadual

Redação MonteCarlo FM
Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado de Educação (SED) está trabalhando para elevar a qualidade de ensino ao patamar de países como Cingapura e Finlândia, fazendo de Santa Catarina uma referência na educação pública.

O secretário de Estado de Educação, Natalino Uggioni, tem como perspectiva, nos próximos anos, que as instituições públicas de ensino sejam ainda mais atrativas para um maior número de famílias. “Queremos que a escola pública do Estado de Santa Catarina se torne referência e, com isso, os próprios pais percebam que o nível de educação pública melhorou, que está no nível de expectativa deles”, projeta.

Para garantir que o começo dessa transformação ocorra bem, os preparativos foram intensos nas últimas semanas. Escolas passam por manutenção e reformas. O quadro de docentes em sala de aula foi reforçado com 911 novos professores efetivos para as disciplinas de Artes, Língua Portuguesa e Inglesa, Matemática, Geografia, História, Sociologia, Química, Filosofia e Educação Física.

Em Criciúma, de acordo com a Gered – Gerência de Educação, aproximadamente 30 mil alunos volta às aulas na rede estadual. A aulas nor rede municipal inicia na próxima segunda-feira (18).

Mais recursos para o transporte escolar

Em 2019, o Governo do Estado repassará R$ 95,5 milhões para que os municípios arquem com os custos do transporte escolar dos alunos da rede estadual. O valor representa um incremento de quase R$ 8 milhões em relação ao ano passado.

Esse aumento é resultado de um acordo entre a SED, a Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina (Undime/SC). “Mais uma vez tivemos agilidade neste processo e iniciaremos o ano letivo com os valores já definidos. A parceria entre SED e Fecam continua forte”, comenta o prefeito de Tubarão e presidente da Fecam, Joares Ponticelli.

O documento foi assinado por Uggioni, Ponticelli e o secretário Municipal da Educação de Águas Mornas e representante da Undime/SC, Mário Fernandes. Com os recursos adicionais, os 119 mil alunos da rede estadual que utilizam o transporte têm a garantia da continuidade do serviço e do acesso às escolas com segurança.

Colaboração: Secretária de Comunicação de Santa Catarina
Compartilhe com seus amigos!