Criciúma se mantém na lista das cidades que mais geram emprego

O município repetiu o bom desempenho de julho, ficando entre as três cidades que mais geraram empregos formais
Redação MonteCarlo FM
Foto: Reprodução
De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta segunda-feira (22), Criciúma gerou  350 novos empregos em setembro, ficando entre as três cidades que mais geraram empregos em Santa Catarina. A lista é liderada por Joinville, com 1.095 novas vagas, seguida por Brusque, com 563. O município manteve o mesmo desempenho de julho quando gerou 232 empregos. Desde janeiro, Criciúma já criou 987 novos empregos.

Na região sul, outras cidades também geraram novas oportunidades de trabalho formal, como Tubarão (208), Içara (197) e Imbituba (39). Os setores que mais empregaram no estado no mês passado foram o de serviços (3.486), comércio (1.951) e indústria de transformação (1.247). O setor mais prejudicado no estado foi o de construção civil, com saldo 58 demissões.

Para o prefeito Clésio Salvaro, os números refletem os estímulos que a cidade tem dado em direção ao empreendedorismo, como a Lei da Inovação e o novo Código Tributário, facilitando e agilizando a vida do trabalhador. “Esse é um sinal de que nós estamos voltando a ser Criciúma. Em julho também ficamos entre as três cidades catarinenses que mais geraram empregos e agora repetimos o feito”, comemorou o prefeito Clésio Salvaro.

Araranguá e Laguna foram os dois municípios do sul que tiveram saldo negativos na região. Em Santa Catarina o total de novas vagas de emprego gerado foi de 4.943.

Compartilhe com seus amigos!